1ª etapa do Cancer Center do Hosp. São Vicente é inaugurada, em Guarapuava

O secretário de Estado da Saúde Beto Preto inaugura o  Hospital Sao Vicente Cancer Center - Erasto Gaertner em  Guarapuava e o centro de estudo.   22/07/2020 -  Foto: Geraldo Bubniak/AEN

1ª etapa do Cancer Center do Hosp. São Vicente é inaugurada, em Guarapuava

A primeira etapa do Cancer Center do Hospital São Vicente de Paulo foi inaugurada na tarde desta quarta-feira (22 julho), em Guarapuava. Com seis leitos de observação, sala de emergência e cinco consultórios, a unidade será gerida pelo Hospital Erasto Gaertner, de Curitiba (PR), e deverá atender pacientes dos 20 municípios da 5ª Regional de Saúde, o que equivale a uma população de quase 500 mil habitantes.

Para o prefeito de Guarapuava, Cesar Silvestri Filho, a nova estrutura é uma conquista coletiva, que contou com a participação de todos os atores do processo político local e regional. “Apoio dos deputados estaduais, federais, da Câmara Municipal de Guarapuava, que fez um trabalho incrível de economia de recursos para repassar especificamente para viabilizar a construção dessa obra, da própria Prefeitura”, acrescentando ainda a participação do governo estadual.

Nesse sentido, ele destaca o trabalho do empresário Odacir Antonelli, que doou recursos pessoais e o terreno localizado no bairro planejado Cidade dos Lagos. Mas Antonelli foi principalmente um grande articulador para conseguir as emendas destinadas às obras.

“Esta obra é, na verdade, reflexo da capacidade de gestão de um dos maiores empresários que eu já conheci no Brasil, nosso amigo Odacir [Antonelli]. E, claro, fruto da sua capacidade de agregar lideranças, tanto as municipais quanto as estaduais”, complementa o presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, Ademar Traiano.

Já o vice-prefeito Itacir Vezzaro destacou a grande parceria da Prefeitura e da Câmara de Vereadores. “Trabalhando e unindo a sociedade civil organizada para que pudéssemos ter esse hospital e o tratamento das pessoas podendo ser feito em Guarapuava”, sem mais haver necessidade de deslocamento para outros centros.

Cesar Filho avalia que esse hospital será referência no Brasil para o tratamento do câncer. “Trazer os melhores médicos, doutores, pesquisadores… e consolidar de vez o nosso polo de saúde”.

Segundo o provedor do São Vicente, Humberto Limberger, uma estrutura desse porte tem uma importância imensurável, pois traz um avanço tecnológico na área de oncologia. “Hoje estamos realizando esse sonho: inaugurando o ambulatório de quimioterapia e também inaugurando o instituto de pesquisa para o câncer, que vai pesquisar o genoma humano, vegetal e animal. Vai ser um passo gigantesco para a oncologia nacional”, afirma.

Estrutura
As informações repassadas à imprensa são de que o Cancer Center tem ambientes modernos e humanizados, com jardins internos e box individualizados, que integram a estrutura. Esta oferecerá, ainda, 20 poltronas e box individualizados, com TV, para cada paciente durante o tratamento quimioterápico.

No segundo andar, ficam as instalações do Instituto para Pesquisa do Câncer (Ipec), cujas atividades serão conduzidas por uma gestão tripartite a ser feita pela Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava (Acig), pelo Hospital São Vicente e pela Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro). Com esse arranjo, o instituto será um dos mais equipados centros de medicina genômica do Brasil, voltado para pesquisa e atenção aos pacientes com câncer.

“O Ipec nasce com uma estrutura singular, com os mais modernos equipamentos que nos instrumentalizarão para o desenvolvimento de pesquisas inovadoras”, diz o presidente do instituto, professor David Livingstone.

A estrutura vai fomentar pesquisas de alto nível e ensino de qualidade, podendo ainda investigar outras doenças do ponto de vista genético, trabalhar com a parte genômica de animais e plantas e até mesmo fazer estudos inéditos no Brasil.

Recursos
Toda a primeira etapa do Cancer Center demandou investimentos de R$ 21.039.036,95, cifra direcionada a obras e equipamentos, sendo indicada pela Secretaria de Saúde do Estado do Paraná, pelos deputados estaduais Ademar Traiano e Cristina Silvestri e pelo deputado federal Giacobo.

Importância
A parlamentar Maria José, que faz parte da Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores de Guarapuava, diz que o novo hospital é um “sonho que está sendo realizado”, representado pela luta de várias lideranças do município.

“Era uma dificuldade imensa, sobretudo a radioterapia, que será a próxima ala a ser inaugurada”, lembrando que o impacto da unidade será regional, encurtando distâncias para o atendimento dos pacientes.

Deixe um comentário