Câmara dos Deputados oficializa devolução de R$ 457,5 milhões ao Poder Executivo

DSCN2459

Câmara dos Deputados oficializa devolução de R$ 457,5 milhões ao Poder Executivo

Em solenidade realizada na manhã desta quarta-feira (13/09), no Salão Verde da Câmara dos Deputados, para assinatura da venda da folha de pagamento da Câmara para o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal, o presidente da Câmara, deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o primeiro-secretário da Casa, deputado federal Giacobo (PR-PR), oficializaram pela primeira vez na história a devolução de parte do orçamento da Casa ao Poder Executivo, recursos que totalizam R$ 457,5 milhões.

A devolução de recursos provenientes da economia realizada no orçamento da Casa, R$ 236,5 milhões, somada a venda da folha de pagamento da Câmara para o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal, R$ 221 milhões, significa um gesto da Câmara dos Deputados perante a sociedade em momento de contenção de gastos nas contas públicas.

Responsável por administrar as finanças da Câmara, o primeiro-secretário, deputado federal Giacobo (PR-PR), destacou uma gestão eficiente implantada na Primeira Secretaria da Casa, por meio de um pente-fino realizado nas contas, que resultou em uma série de medidas adotadas a fim de gerar uma economia permanente de gastos.

“Esse compromisso fiscal tem que estar presente hoje e sempre na vida de todos os brasileiros, principalmente para aqueles que mexem com os recursos do povo”, disse Giacobo (PR-PR).

O presidente da Câmara, deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ), reiterou a importância desta ação por parte do Poder Legislativo.

“Talvez, esses valores não sejam o que vão resolver o problema do orçamento do governo, mas a Câmara dá um exemplo”, falou o Presidente da Casa.

Entre os deputados que prestigiaram o evento, Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), enalteceu o gesto realizado pela Casa e parabenizou os membros da Mesa Diretora.

“Vamos cortar na própria carne, esse é o desejo de toda população brasileira”, enfatizou o deputado paranaense.

O deputado federal Heráclito Fortes (PSB-PI) classificou a atitude como inédita e louvável, principalmente por vir em um momento que o país passa por ajustes fiscais.

“É um gesto que vai ficar marcado na história. Estão de parabéns os deputados Rodrigo Maia, Giacobo, e toda Mesa Diretora”, disse Heráclito (PSB-PI).

Também estiveram presentes na solenidade o ministro da Secretaria de Governo, Antônio Imbassahy, o secretário-adjunto do Tesouro Nacional, Otavio Ladeira de Medeiros, os presidentes do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal, Paulo Caffarelli e Gilberto Occhi, respectivamente, além de diversos parlamentares.

MEDIDAS ADOTADAS PARA ECONOMIA NAS DESPESAS:

  • Ajustes em postos de trabalho em contratos de terceirização que envolve mão-de-obra residente;
  • Renegociação de valores contratados;
  • Decisão pela não prorrogação de alguns contratos e/ou redução quando de suas prorrogações;
  • Racionalização do consumo de água e energia elétrica, o que reduziu essas despesas;
  • Alteração no horário de funcionamento de unidades administrativas, com o consequente término do pagamento de adicional noturno e ajustes de postos de trabalho;
  • Adequação do número de menores-aprendizes e da bolsa de estágio;
  • Adequação de novas despesas diante da realidade orçamentária da Câmara dos Deputados;
  • Orientação para a racionalização de serviços administrativos, em parceria com o Senado Federal, possibilitando a redução de custos operacionais;
  • Orientação para adequação dos pedidos de treinamento e participações em eventos externos à estrita necessidade da Câmara dos Deputados;
  • Redução de quantitativos em várias aquisições planejadas;
  • Redução nos valores dos contratos de locação de veículos; e
  • Redução na contratação das passagens aéreas, entre outras.

 

 

Deixe um comentário