Definida licitação da segunda fase da Pista de Arrancada de Foz do Iguaçu

29331-617698689e1a8_arracada

Definida licitação da segunda fase da Pista de Arrancada de Foz do Iguaçu

A Comissão Permanente de Licitações abriu na última sexta-feira (22), os envelopes com as propostas para construção da segunda etapa do Velofoz (Complexo Esportivo Multiuso da Pista de Arrancadas Cataratas) de Foz do Iguaçu. A empresa Hard Rock Terraplanagem e Demolições venceu o certame com o lance de R$ 2,1 milhões, aproximadamente 12,5% a menos que o previsto inicialmente (R$ 2,4 milhões).

A Pista de Arrancada do Velofoz Cataratas está sendo construída em três etapas, numa área de 71,9 mil metros quadrados localizada entre as avenidas João Riccieri Maran e Inácio Reuter Sottomaior, próximo ao Lago da Itaipu Binacinal, na região de Três Lagoas. As obras da primeira fase, iniciadas em abril com recursos destinados em emenda do ex-deputado Delegado Rubens Recalcati (em memória), incluíram instalação de alambrados e muros e já estão concluídas.

A licitação da segunda etapa, aberta em agosto, atraiu seis empresas. A Hard Rock venceu com uma oferta de R$ 2.106,754,16. Em segundo lugar ficou a Prado e Prado Ltda., com R$ 2.147.758,09, seguida da proposta da JCM Construtora de Obras Ltda, com R$ 2.375.674,25. Uma das propostas foi desclassificada pela Comissão de Licitações, que tem como presidente Gilberto Monteiro Bento e Guilherme Rosinski e Warley Vieira mendes como membros.

Nesta fase, viabilizada através de uma emenda do deputado federal Fernando Giacobo (PL), serão instalados os vestiários, banheiros, alojamento, ambulatório e quadra de areia no complexo esportivo. Na terceira fase serão construídas a pista de competição, estacionamento, boxes e arquibancadas, bem como a rede de drenagem, calçadas, paisagismo e outros serviços.

Prazos e recursos

A previsão é que as obras sejam concluídas em até 450 dias. A construção da pista do Velofoz, de acordo com o jornalista Erdiley de Oliveira, o Oliveirinha, idealizador e supervisor do projeto, é custeada com recursos da Prefeitura e Câmara Municipal de Foz do Iguaçu, Assembleia Legislativa do Paraná e Câmara dos Deputados, através de emendas parlamentares.
Oliveirinha se reuniu, na última semana com o deputado Giacobo, que garantiu mais recursos para as obras. O parlamentar anunciou que irá apresentar, para o orçamento de 2022 do Governo Federal, uma nova emenda impositiva de R$ 2,5 milhões, via Ministério do Esporte e Turismo.
A verba segundo o coordenador do projeto, dará segurança ao prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro (PSD) realizar a execução da terceira etapa do complexo multi uso no terminal Turístico de Três Lagoas, que é o asfalto da pista e arquibancada.

Delegado Recalcatti

O complexo multiuso será denominado de Pista Internacional de Arrancada Delegado Recalcatti, em homenagem ao ex-deputado estadual, que faleceu em 9 de abril deste ano. A homenagem, afirma Oliveirinha, é em reconhecimento ao parlamentar que sempre atuou para a construção da pista e “compartilhou desse sonho”, disse.

Fonte: https://gdia.com.br/

Link: https://gdia.com.br/noticia/definida-licitacao-da-segunda-fase-da-pista-de-arrancada-de-foz-do-iguacu

Deixe um comentário