PL elege segunda maior ‘bancada’ de prefeitos do Paraná

Giacobo Encontro Estadual PL

PL elege segunda maior ‘bancada’ de prefeitos do Paraná

O PL pode ser considerado a segunda maior força política no Paraná com a eleição neste domingo, 15, de 28 prefeitos, 28 vice-prefeitos e 255 vereadores. É a segunda maior bancada de prefeitos atrás apenas do PSD (128 eleitos). O PL integrou ainda, entre outras, as coligações de prefeitos reeleitos de cidades importantes como: Cascavel (Leonaldo Paranhos), Foz do Iguaçu (Chico Brasileiro), Londrina (Marcelo Belinati) e Araucária (Hissam Dehaini).

“É um crescimento vertiginoso reflexo de um intenso trabalho dos candidatos a prefeito e a vereador e do partido na maioria das cidades do Paraná. É o melhor resultado do partido em anos, o que torna o PL a segunda força política do Paraná”, disse o presidente estadual do PL, deputado Fernando Giacobo.

O deputado ainda parabenizou todos candidatos, apoiadores, que trabalharam com afinco na campanha e, em especial, aos paranaenses que foram às urnas e consagraram os novos prefeitos e vereadores eleitos. “O trabalho não para, agora vamos governar as cidades nas quais elegemos os prefeitos e àquelas que integramos as coligações vencedoras”, disse  Giacobo.

Representatividade – No levantamento do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), da eleição de 2016 para a 2018, o PL saltou de 16 para 28 prefeitos, de 19 para 28 vice-prefeitos e de 213 para 255 vereadores eleitos. No total, o partido fez 214.624 votos para prefeito no Estado. A deputada Christiane Yared fez 32.677 votos em Curitiba e a administradora Akemi Hishimori, outros 4.361 votos em Maringá.

“Não vai faltar apoio e recursos para as obras através dos governo estadual e federal. Como sou um municipalista convicto, os prefeitos reeleitos e os novos prefeitos terão em Brasília e no Estado, um lutador por mais verbas e obras para as cidades”, garante Giacobo.

Além de Giacobo, a bancada do PL conta com a deputada Christiane Yared, os deputados Luiz Nishimori, Delegado Jacovós, Gugu Bueno e Marcel Micheleto (secretário estadual de Administração e Previdência).

Deixe um comentário