Recursos: quanto os deputados eleitos por Cascavel destinaram à cidade?

WhatsApp-Image-2020-10-14-at-11.34.12

Recursos: quanto os deputados eleitos por Cascavel destinaram à cidade?

A principal função de um deputado não é trazer recursos para obras e melhorias, mas, é claro, existe expectativa por parte de quem vota de que os eleitos se esforcem por garantir valores que possam trazer melhorias diretas para o município.

Atualmente são três deputados estaduais e três federais com base eleitoral na cidade, mas, diante dos 399 municípios do Paraná, como está sendo o retorno deles em recursos especificamente para Cascavel?

 

Deputados estaduais

Os deputados estaduais não têm emendas individuais impositivas como ocorre na bancada federal, onde os eleitos podem escolher livremente qual será a destinação dos recursos. No Paraná, no entanto, o governo destinou um valor para cada parlamentar e abriu um cardápio de opções para que os deputados pudessem escolher quais itens contemplar e para quais municípios ou serviços enviariam os recursos. Algumas assessorias citaram ainda verbas que não são de emendas, mas foram liberadas pelos setores para obras em específico, a partir da atuação do parlamentar.

CORONEL LEE

O deputado Coronel Lee, que exerce o primeiro mandato, foi o segundo deputado estadual mais votado em Cascavel em 2018, com 20.089 votos. No total do Paraná ele teve 58.343 votos. Assim, dos votos conquistados, 34% foram em Cascavel.

A assessoria destacou que foram R$ 558.500 em recursos já liberados para Cascavel e outros R$ 135.500 já foram comprometidos. Estes recursos devem ser efetivamente pagos após a eleição. A maior parte dos valores já pagos foi para viaturas policiais e equipamentos médicos. Veja:

Valores já pagos:

Cardiotacógrafo – R$ 9.500

Cardiotacógrafo – R$ 9.500

Cardiotacógrafo – R$ 9.500

Ultrassom Tipo I – R$ 130 mil

Kit mobiliário para Saúde – R$ 80 mil

Viatura Duster – R$ 60 mil

Viatura Logan – R$ 45 mil

Viatura Logan – R$ 45 mil

Viatura Logan – R$ 45 mil

Viatura Amarok – R$ 125 mil

Valores ainda não pagos, mas já comprometidos

Cardiotacógrafo – R$ 9.500

Automóvel para Equipe Saúde da família – R$ 35 mil

Automóvel para Equipe Saúde da família – R$ 35 mil

Automóvel para Equipe Saúde da família – R$ 35 mil

Conjunto Consultório Odontológico – R$ 21 mil

Fonte: Assessoria

MARCIO PACHECO

Marcio Pacheco está no segundo mandato como deputado estadual. Em 2018 ele teve 39.323 votos, sendo 24.044 deles em Cascavel, o melhor resultado no Município. Do total de eleitores, 61% dos votos foram daqui.

Tanto em número de iniciativas, quando em montante total Pacheco é o que declara maior destinação de recursos para Cascavel entre os deputados estaduais, são 4,7 milhões já pagos e outros R$ 1,7 milhão aprovados. Além de equipamentos para várias unidades de saúde, se destacam vários recursos para reformas em colégios veículos e entidades e viaturas.

Valores já pagos:

Reforma Pronto Socorro do HUOP – R$ 521 mil

Ambulância ao HUOP – R$ 237 mil

Caminhonete para o Banco de leite do HUOP – R$ 60 mil

Equipamento ao Hospital de Retaguarda – R$ 300 mil

Reforma na Uopeccan – R$ 150 mil

Kit mobiliário para UBS Floresta – R$ 80 mil

Kit mobiliário para UBS Tarumã- R$ 80 mil

Kit mobiliário para UBS Cataratas- R$ 50 mil

Kit mobiliário para UBS Claudete – R$ 50 mil

Kit mobiliário para UBS Floresta – R$ 80 mil

Kit mobiliário para UBS Floresta – R$ 80 mil

Reforma UBS Periolo – R$ 150 mil

Carro para USF XIV de Novembro – R$ 35 mil

Carro para USF Tarumã – R$ 35 mil

Carro para USF São Salvador – R$ 35 mil

Carro para USF Santa Bárbara – R$ 35 mil

Carro para USF Rio do Salto – R$ 35 mil

Carro para USF São Cristóvão – R$ 35 mil

Reforma + Kit Robótica para Colégio Consolata – R$ 162.335,27

Ar condicionado para Colégio Padre Carmelo Perrone – R$ 60 mil

Reforma Colégio Francisco Lima da Silva – R$ 120.035,95

Reforma Colégio Marcos Claudio Schuster – R$ 50 mil

Reforma Colégio Angelo Baggio Orso – R$ 76.334,78

Reforma Colégio Brasmadeira – R$ 64.830,06

Reforma Colégio Castelo Branco – R$ 66.165,72

Reforma Colégio Cataratas – R$ 63.376,14

Reforma Colégio Costa e Silva – R$ 67.527,13

Reforma Colégio Distrito São João do Oeste – R$ 71.635,43

Reforma Colégio Distrito São Salvador – R$ 66.124,41

Reforma Colégio Eleodoro – R$ 62.795,23

Reforma Colégio Horácio dos Reis – R$ 102.604,54

Reforma Colégio Interlagos – R$ 192.420,97

Reforma Colégio Jardim Clarito – R$ 62.444,68

Reforma Colégio Marilis Faria Pirotelli – R$ 65.515,96

Reforma Colégio Olivio Fracaro – R$ 64.160,01

Reforma Colégio Otávio Tozzo – R$ 60.648,84

Reforma Colégio Padre Canísio Heinz – R$ 50.000,00

Reforma Colégio Santos Dumont – R$ 70.336,06

Reforma Colégio Sao Cristóvão – R$ 65.670,04

Reforma Colégio Victório Abrozino – R$ 75.480,94

Reforma Colégio Wilson Jofre – R$ 94.938,90

Reforma Colégio Santa Cruz – R$ 50 mil

Automóvel para Adefica – R$ 55 mil

Kits para Secretaria de Esportes – R$ 150 mil

Automóvel para Clube de Regatas Cascavel – R$ 60 mil

Cadeiras para Projeto Paradesporto – R$ 50 mil

Viatura para 6º BPM UPS Norte – R$ 60 mil

Viatura para 6º BPM – UPS Sul – R$ 60 mil

Viatura para 6º BPM – UPS Oeste – R$ 60 mil

Viaturas para Delegacia Polícia Civil – R$ 120 mil

Viatura para Escritório Social do DEPEN – R$ 45 mil

Carro para entidade Molivi –  R$ 60 mil

Carro para entidade Renascer – Automóvel R$ 60 mil

Valores ainda não pagos, mas já comprometidos:

Reforma da Ala Materno Infantil do HUOP – R$ 650 mil

Van transporte de alunos da APAE – R$ 170 mil

Equipamentos para Centro Nac. de Trein. em Atletismo – R$ 300 mil

Praça Lago Municipal Espaço Inclusivo (Recurso Federal, obra licitada) – R$ 500 mil

Kit robótica para o Ceep – R$ 100 mil

Fonte: Assessoria

PROFESSOR LEMOS

Nas eleições de 2018 Professor Lemos teve adesão de 9.554 cascavelenses, pouco comparado ao total de 84.892 votos que ele teve em todo o Estado. Assim, 11% dos eleitoras de Lemos são de Cascavel.

Sobre as emendas, a assessoria citou R$ 2 milhões destinados ao HUOP e outros R$ 2 milhões à Uopeccan. *Não foi detalhado qual o uso exato da verba nem, referente à Uopeccan quanto seria para Cascavel e quanto para Umuarama, onde também há uma unidade do hospital. Também não foi detalhado quando de fato já teria chegado ao hospital. Segundo eles, trata-se de uma autorização dada pela Assembleia Legislativo ao governo para que haja o gasto e há outros deputados que também apresentaram a emenda.

A assessoria ainda disse que houve reforço na dotação orçamentária de R$ 30 milhões para construção de escolas, mas não soube detalhar se alguma unidade de Cascavel foi beneficiada.

Valores já pagos:

– Indicação de uma academia ao ar livre para Apofilab – R$ 25 mil (já feita licitação)

Sem confirmação de qual montante de fato já pago:

– Hospital Universitário do Oeste – R$ 2 milhões*

– Hospital do Câncer UOPECCAN (Cascavel e Umuarama) – R$ 2 milhões*

Fonte: Assessoria

Deputados Federais

Entre os deputados federais existem as emendas impositivas individuais, onde o deputado pode definir tanto qual investimento, quanto para qual cidade será destinado. Existe um sistema no Portal da Transparência onde é possível pesquisar as emendas, muitas no entanto, aparecem apenas como “Paraná” não detalhando qual município foi beneficiado. Buscando por Cascavel não há emendas pelos três deputados com base eleitoral na cidade. As assessorias, no entanto, repassaram informações sobre as emendas e também sobre a atuação dos deputados na liberação de outros recursos.

EVANDRO ROMAN

Evandro Roman teve 67.909 votos, sendo 11.441 em Cascavel, o segundo maior número de votos entre os federais. 17% dos votos de Roman foram conquistados na cidade. A assessoria declarou que entre um equipamento ao HUOP (Hospital Universitário do Oeste do Paraná) e recurso de adequação para estradas foram R$ 6,365 milhões em emendas para Cascavel.

Valores já pagos:

Aquisição de aparelho de ressonância magnética para o HUOP – R$ 3,5 milhões

Adequação de estradas vicinais – R$ 2,865 milhões

Fonte: Assessoria

GIACOBO

Giacobo fez no total 111.384 votos, sendo 5.176 deles em Cascavel. Tanto em números absolutos quanto proporcionalmente ele é o que menos teve eleitores de Cascavel, 4,6% dos eleitores. Segundo a assessoria foram R$ 1,4 milhões em emendas para a saúde (estruturação do Samu e equipamentos para o HUOP). Eles citaram outros R$ 45 milhões em recursos que teriam sido obtidos pelo deputado para Cascavel junto ao Governo Federal, trazendo para a cidade valores de programas do governo que já existiam e também destinados por Itaipu. Neste valor eles citam R$ 18 milhões ao aeroporto e R$ 20 milhões para estradas além de verbas para uma escola.

Valores de emendas:

Estruturação do Samu – R$ 500 mil

Aquisição de equipamentos para HUOP – R$ 400 mil

Aquisição de equipamentos para HUOP – R$ 500 mil

Valor citado como articulação política para liberação de recursos do governo:

Duas ambulâncias para atenção especializada em saúde – R$ 340 mil

Enfrentamento Covid-19 – R$ 1 milhão

Aquisição de motoniveladoras – R$ 1,515 milhão

Construção de asfalto em estrada rural (Itaipu) – R$ 20 milhões

Reforma e modernização do aeroporto – R$ 18 milhões

Construção da Escola Kelly Cristina Correa Trukane (Morumbi) – R$ 4.603.910.62

Fonte: Assessoria

HERMES FRANGÃO PARCIANELLO

CGN teve dificuldade para contatar a assessoria do deputado Hermes Parcianello, o Frangão. Em 2018 ele foi o deputado federal mais escolhido pelos cascavelenses, com 13.863 votos. No total ele fez 110.717 votos. Isso equivale a dizer que 12,5% dos eleitores dele estão em Cascavel.

Na página do gabinete consta um telefone que não é atendido desde quinta-feira (8) e um email que, enviado também na quinta, não foi respondido. Na manhã desta terça a CGN finalmente conseguiu contato com um assessor do deputado que disse que precisaria de prazo para o levantamento em função da Covid-19. Até a publicação desta reportagem, no entanto, não houve retorno com os dados.

Chegada dos recursos

CGN buscou a prefeitura para confirmar sobre os recursos que de fato chegaram às contas do município. O setor de comunicação, no entanto, pediu mais prazo para o levantamento alegando que ele precisar ser feito individualmente em cada secretaria.

Vale lembrar que algumas das verbas citadas pelos deputados, no entanto, não são destinadas à prefeitura, mas sim à entidades, segurança pública (serviço estadual) e também ao HUOP.

Fonte: CGN

Link: https://cgn.inf.br/noticia/261949/recursos-quanto-os-deputados-eleitos-por-cascavel-destinaram-a-cidade

Deixe um comentário